Páginas

Publicidade

Publicidade

16 julho 2009

Falso médico deixa dois em coma

Uma mulher, de 55 anos, e um homem, de 28, mãe e filho, foram internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, após ingerirem remédios para animais. Os medicamentos teriam sido receitados por um homem identificado por "doutor Djalma". O caso foi denunciado na 6ª DD, pela estudante Tatiana Alves Teixeira, 26, filha e irmã das vítimas, e agora a polícia está à procura do falso médico.


Moisés Alves e a mãe dele, Severina Alves, que são diabéticos, foram internados na última terça-feira, apresentando quadro de distúrbios mentais e convulsão, e logo em seguida entraram em coma. O rapaz já recebeu alta, mas a mãe permanece internada. Os dois, segundo Tatiana, teriam ingerido os medicamentos Monovim, Noripurum e Imizol, os quais teriam sido receitados pelo falso médico.

Segundo Moisés, o suposto médico foi indicado por uma ex-namorada. Mão e filho então se consultaram com o falso médico,que receitou a medicação e recomendou a compra em uma farmácia veterinária.

O rapaz disse que após tomar o Imizol começou a se sentir mal e perdeu os sentidos. Moisés contou que algumas pessoas que estavam em sua casa disseram que ao ver a reação, Djalma aplicou outra injeção em Severina e colocou açúcar em sua boca. Depois, ele pegou todos os medicamentos e fugiu em uma moto.

Segundo Moisés, o suposto médico disse que havia estudado Biomedicina na Bolívia, Argentina e na Amazônia. A equipe de reportagem do Diário da Borborema tentou conversar com o suposto profissional, mas não conseguiu localizá-lo.

Diário da Borborema

Nenhum comentário: